Crítica | Walcyr Carrasco e o surrealismo patético de ‘O Outro Lado do Paraíso’


A patética novela ‘O Ouro Lado do Paraíso’ chega em sua reta final e na cabeça da maioria das pessoas (até mesmo daquelas que acompanharam a trama) passa apenas uma afirmação:  Já foi tarde!!!

Péssima, em todos os sentidos possíveis, nem mesmo grandes e excelentes atores como Glória Pires; Lima Duarte e Fernanda Montenegro conseguiram salvar essa, que já pode ser considerada uma das piores -senão a pior- dos últimos tempos.

O texto surrealista mesquinho de Walcyr Carrasco beira ao devaneio, juntando um amontoado de coisas sem pé nem cabeça e jogando tudo goela abaixo de quem teve a paciência e o mal gosto de assistir.

Qualquer pessoa com o mínimo de bom senso percebeu que ‘O Outro Lado do Paraíso’ é um amontoado de historias chulas e de péssimo gosto extremamente mal desenvolvidas.

Em termos de audiência, a pitoresca ‘O Outro Lado do Paraíso‘ até que se saiu razoavelmente bem, mas isso não a transforma nem ao menos em uma assistível trama. Muito pelo contrário. Levanta a indagação de como algo tão ruim possa ter tido um número tão grande de telespectadores?

Os números alcançados pela trama de Walcyr Carrasco faz pensar na qualidade da audiência da Rede Globo e se o público da emissora assiste qualquer coisa, independentemente da qualidade desta.

Será que o público da emissora não possui o mínimo de senso crítico ou está encabrestado? Essa é a questão!!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s