‘Carcereiros’ | Confira cinco motivos para assistir a série


Depois de ser adiado mais de uma vez e de ser disponibilizado na plataforma Globo Play, o seriado ‘Carcereiros’ finalmente estreia na televisão.

untitled

A atração traz Rodrigo Lombardi como o agente penitenciário Adriano. Ele tem um modo mais humano de tratar os prisioneiros do que seus colegas, o que acaba o aproximando dos detentos, às vezes de forma perigosa ou excessiva.
Embora tenha demorado para levar ao ar, a expectativa da Rede Globo para ‘Carcereiros’ é grande, inclusive no mercado internacional. Tanto que, mesmo sem a primeira temporada ter estreado, a sequência já começou a ser gravada.

Carcereiros tem 28 capítulos e será exibida às quintas-feiras, sempre depois da novela das 21h, ‘O outro lado do Paraíso’.
Confira 5 motivos para acompanhar ‘Carcereiros’:
1. O tema incomum.

untitled (2)
Produções que falam sobre o sistema prisional ainda são novidade na televisão brasileira. E sem o foco estar nos presos, então, fica ainda mais difícil. Por isso ter como protagonista um agente prisional em crise é um dos grandes acertos de Carcereiros.
2. Os depoimentos

Apesar de se tratar de uma série dramática ficcional, os episódios são intercalados com depoimentos de carcereiros reais, dando um tom meio que “documental”.

Geralmente emocionados, eles falam sobre a rotina do trabalho, ora com nostalgia, ora com revolta. Sempre com carinho. Os depoimentos dão ritmo à narrativa e quebram a tendência que ‘Carcereiros’ tinha de se transformar num romance politizado. Agora, fica com cara de verdade.
3. Rodrigo Lombardi

untitled (3)

Na pele do carcereiro Adriano, protagonista da série, o ator Rodrigo Lombardi consegue transmitir toda veracidade necessária que o personagem pede.

Adriano é ー se não o melhor ー um dos melhores papéis de Rodrigo Lombardi na televisão. Lombardi consegue atingir as nuances exigidas por esse personagem, que se vê entre os cuidados com o pai, paciente de alzheimer, e a dedicação ao trabalho, que o consome física e emocionalmente.
4. A trilha sonora
As músicas de Carcereiros parecem escolhidas a dedo para cada cena. A seleção contempla momentos líricos (com uma clássica versão de Ave Maria), contundentes, ao som de rap, e descontraídos, embalados pelo samba.

A trilha sonora é outro grande destaque de ‘Carcereiros’.
5. Participações especiais

untitled (4)

Outro ponto que chama a atenção em ‘Carcereiros’ , além do elenco principal, são as participações especiais.

Caio Blat, Chico Diaz e Matheus Nachtergaele entre outros fazem participações especiais em episódios. O mais interessante é que todos com papeis grandes.

A participação destes transfere aos episódios de ‘Carcereiros’ um dinamismo bastante interessante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s