“Malhação” – Nova temporada tem explorado a homossexualidade na adolescência


A atual temporada de “Malhação”, novela adolescente da Rede Globo iniciou a sua atual temporada com o sub-título “Viva a diferença”. Com isso, a novelinha tem tentado abordar diferentes assuntos que remetem a isso, como racismo; etnias; classes sociais diferentes; bulling; e atualmente tem focado na sexualidade adolescente com foco principal na homossexualidade.

A trama já exibiu, embora que de forma rápida beijos gay,  selinhos, sem grandes focos, mas algo promete chamar a atenção e gerar uma certa polêmica com alguns grupos de pessoas.

Tudo corre para acontecer a primeira transa gay na novelinha.

Lica (Manoela Aliperti) vai fazer sexo com Samantha (Giovanna Grigio), nos próximos capítulos.

A transa entre as duas acontece quando a jovem decide ir até a casa da filha de Marta (Malu Galli) para estudar. A sequência, no entanto, não será exibida, de acordo com a colunista Carla Bittencourt, do jornal “Extra”, nesta segunda-feira (1º), mas ficará subentendida. A essa altura, as duas já estarão mais próximas depois do beijo que Samantha roubou de Lica. “Demorou, mas finalmente rolou…”, diz para si mesma a filha de Edgar (Marcello Anthony) ao digitar em seu smartphone.

Segundo a publicação, ao se deparar com a amiga da filha, a ex-modelo estranha. “Que tá acontecendo, Lica? Tá doente? Noite, pra Lica, sempre foi sinônimo de cinema, balada, namoro…”, questiona. A amiga de Samantha, flagrada com Anderson (Juan Paiva) por Tina (Ana Hikari), alega que as duas vão aproveitar a noite para estudarem. Em seguida, vão para o quarto de Lica e, no local, fazem sexo.

Além do casal Samantha e Lica, o homossexualismo também será abordado através do filho de Roney (Lúcio Mauro Filho).

Gabriel (Luis Galves) deixará o pai em choque ao revelar que sente atração por meninos. A verdade vem à tona quando sua irmã, Keyla (Gabriela Medvedovski), tenta aproximar pai e filho ao descobrir que têm o mesmo sangue. Em seguida, o rapaz passa a ser vítima de bullying na escola.

Abordar o tema é extremamente válido e importante, pois pode jurar a muitos adolescentes gays a entenderem a sua sensualidade e a não se verem como anormais.

Ponto para a atual temporada de “Malhação” que já é a melhor dos últimos anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s